Edição de Junho

VIAJAR TRAVEL NEWS Agro

 

Oeste baiano

A expansão da fronteira agrícola

Há um pedaço de terra no Brasil onde há oportunidades de negócios e os investimentos crescem. Esse lugar é o MATOPIBA, sigla que identifica uma região que engloba a maior parte do estado do Maranhão, todo o território do Tocantins, o Sudoeste do Piauí e o Oeste da Bahia. Essa área forma um espaço homogêneo, onde existe água em abundância e cujo bioma é o Cerrado. É considerada a última fronteira agrícola do País, onde o agronegócio floresce e impacta diretamente as atividades comerciais e de serviços.

No MATOPIBA vivem mais de seis milhões de pessoas, uma área quase três vezes maior que o estado de São Paulo, e a região, que já responde por mais de 10% da safra nacional de grãos, deve triplicar a produção nos próximos anos, segundo informações da Embraba (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária). A Bahia é o maior produtor de grãos do Matopiba, com mais de 50% da produção de soja, além de 2º maior produtor de algodão, cuja colheita – que começou neste mês de junho – está na reta final. Nesse contexto, as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães destacam-se no cenário nacional pelo desempenho no agronegócio.

Algodão: produção em alta

A perspectiva dos produtores baianos é de manter em alta a sua produção na atual safra agrícola 2019/2020, que deve se manter em torno dos 1,5 milhão de toneladas (caroço e fibra), número alcançado, de forma histórica, na safra passada pelos produtores baianos. Com o plantio iniciado em dezembro passado, a safra ocupa uma área total de 313.566 mil hectares, e a perspectiva é de atingir a produtividade média de 300 arrobas por hectare. Os dados são da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), que completa 20 anos de atuação em prol do desenvolvimento da cotonicultura no estado.

A força da Monitorar no Oeste da Bahia

Especializada em gestão de energia desde 2009, a Monitorar atende todo o território nacional, tendo como principais clientes os irrigantes, algodoeiras e silos. Mas é no oeste baiano que está a maioria dos seus clientes. Após mais de década de atuação, a empresa – que iniciou suas atividades fazendo simples análise das faturas e economizou, nos últimos cinco anos, R$ 10 milhões, entre multas evitadas e faturas retificadas.

A empresa prioriza a inovação disruptiva, modelo inovador de negócio, que conecta equipamentos e profissionais por meio da conexão otimizada, desenvolvendo soluções a exemplo do que ocorre na agricultura de precisão — prática que utiliza tecnologia de informações baseadas em estudos referentes à variabilidade do solo e do clima, monitoramento de lavoura e modernização de equipamentos (sensores, GPS, entre outros). Por meio de um software inteligente, a Monitorar interage com tecnologias de última geração – a chamada ‘Agricultura 4.0’, quarta revolução tecnológica, com forte conteúdo digital e conectada – que asseguram o consumo consciente de energia e restringe os riscos de erros.

MONITORAR GESTÃO DE ENERGIA

CEO: Victor Vasconcelos Nunes
Cel.: +55 (62) 9 9833-0513
monitorar@monitorarge.com
@monitorarenergia
www.monitorarge.com

Reconhecimento

Reunindo prêmios importantes nos últimos dois anos em eventos como a Tecnoshow Comigo em Rio Verde (GO), Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), FiiB em Campinas (SP) e Agrobit em Londrina (PA), para citar alguns, em março de 2019, a Monitorar recebeu investimento Anjo de um grupo de investidores que fazem parte da Harvard Business School Angels of Brazil, associação sem fins lucrativos e formada, em sua maioria, de atuais ou ex-empreendedores e executivos de alto escalão que investem em startups com potencial de crescimento. A Associação apoia investimentos Anjo desde 2014, e a Monitorar é o primeiro investimento voltado para o Agronegócio Brasileiro.

AGRONEGÓCIO

Mais informações:
Francisco Vitor Marques Rêgo | Gerente de Relacionamento Van Gogh – Agronegócios
Tel: 77 3614-7716 | Cel: 77 99925-0954
Email: francisco.vitor@santander.com.br

A progressista Luís Eduardo Magalhães

Foto: Ronaldo Francisco | Acervo PMLEM

Do ano 2000, quando se emancipou de Barreiras – agora município vizinho -, até os dias atuais, tudo mudou em LEM, como é carinhosamente chamada a cidade. Em nada lembra os tempos em que era o povoado de Mimoso do Oeste. De lá para cá, a população deu um salto de 18 mil habitantes para mais de 87 mil. Tem um parque industrial composto por empresas líderes em seus segmentos, inclusive multinacionais.

A localização estratégica ajudou a impulsionar o segundo ciclo da cidade, graças à sua proximidade com Brasília (cerca de 560km) e com as divisas dos quatro estados do MATOPIBA, além dá proximidade com o porto de Salvador, que recebe boa parte da produção da região – diariamente, partem de lá com destino aos portos de Santos e Salvador, e depois para o exterior, caminhões carregados de grãos. A exportação em LEM aumenta em um ritmo sete vezes superior ao da média do país, e é também a cidade que mais cresce em população no Brasil.

Turismo de Negócios

A infraestrutura turística aos poucos vai se firmando, embora a oferta de bares, restaurantes e hotéis ainda seja insuficiente. Há alguns hotéis e pousadas na cidade, mas a melhor opção é, sem dúvida, o Hotel Paranoá, um dos pioneiros na região, e destaque desta nossa Edição de Junho.

Bahia Farm Show

LEM sedia a maior feira de tecnologia agrícola do Norte/Nordeste: a Bahia Farm Show, considerada a. maior vitrine do agronegócio do Norte e Nordeste do Brasil, e entre as três maiores do país em volume de negócios. Dela fazem parte as maiores empresas de máquinas, implementos, insumos, aviação e serviços, o que torna a feira baiana uma excelente oportunidade de realizar negócios, promover a sua marca e ficar em dia com as novidades do mercado. Na edição 2019, a feira – que recebeu um público de quase 70 mil pessoas – atingiu a marca histórica de R$ 1,910 bilhão em volume de negócios, assumindo a segunda posição de vendas por visitantes no Brasil em eventos de agronegócio.

Este ano, em virtude da pandemia do coronavírus, o evento, que deveria ocorrer no final de maio, foi postergado. A Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), entidade organizadora da feira, analisa, junto aos apoiadores, expositores e patrocinadores, uma nova data, a ser anunciada oportunamente, quando a situação se normalizar.

BAHIA FARM SHOW

Hotel Paranoá

Para quem não abre mão de um padrão de qualidade

Embora seja um dos pioneiros e mais tradicionais hotéis da região, o Paranoá pode ser considerado um hotel contemporâneo, pois tem uma preocupação muito grande em relação à manutenção e acompanha as tendências e tecnologias do mercado.
E se você acha que um hotel é meramente um local para dormir, esqueça essa ideia. O empreendimento vai muito além da excelência no atendimento e dos serviços impecáveis. Muito além de uma deliciosa piscina ao ar livre, da sauna e academia para relaxar no fim de um dia cheio, e do melhor café da manhã da região, com um buffet ao estilo italiano, reunindo mais de 60 itens para você se deliciar.
Tudo isso são atributos especiais, sem dúvida, porém, o que faz do Paranoá um hotel único é a Equipe (isso mesmo, com E maiúsculo), sob a batuta pessoal da proprietária, Neuza e da gerente Andreia, que, juntas, lideram um time de primeira linha, preparado para atender ao hóspede mais exigente.

Hospedagem com hospitalidade

A gente se sente acolhido desde o primeiro momento, como se estivéssemos em nossa casa. E se a primeira impressão é a que fica, pode ter certeza que o ditado se aplica. Respeito, educação e boas maneiras se estendem aos colegas de todos os setores, desde auxiliares de limpeza a arrumadeiras, recepcionistas e copeiras.
Todos são cordiais e gentis, sem serem invasivos ou tirar sua privacidade – aliás, privacidade é outro ponto alto do hotel, a começar pela localização estratégica – próximo a tudo mas sem estar no meio do agito. Seja qual for o motivo da sua viagem, o Paranoá é, sem dúvida,a melhor opção para quem não abre mão de um padrão de qualidade.
O Restaurante funciona à La Carte, com pratos regionais a internacionais que também podem ser levados até você no quarto, pelo serviço de Room Service 24h.

A Negócios ou Lazer

O hotel disponibiliza salas para reuniões, auditório com capacidade para 84 pessoas e um lobby que não é apenas um espaço para fazer o check-in e o check-out, ao contrário, algumas vezes, chega até mesmo a ser o coração da propriedade, um ambiente de convívio, que faz as vezes de um Centro de Negócios, onde as pessoas podem tomar um café, fazer reuniões ou simplesmente conversar.
Nas acomodações – um capítulo à parte – conforto e comodidade são a garantia de uma noite reparadora de sono. Todos os apartamentos dispõem de ar-condicionado, TV a cabo, frigobar e internet gratuita. Alguns oferecem banheira de hidromassagem e minibar. O estacionamento é monitorado e o hóspede conta com total segurança.
Já para quem viaja a lazer, a apenas 50km de distância, entre serras, rios e ribeirões de águas cristalinas encontram-se dois dos atrativos naturais mais procurados da região: a Cachoeira do Redondo e a do Acaba Vida, cartões postais do Oeste da Bahia – essa última destaca-se pela queda de mais de 36 metros, que forma uma piscina natural rodeada de mata preservada com um mirante na parte mais alta.

HOTEL PARANOÁ
Rua Xique Xique, 771 | Santa Cruz | Luis Eduardo Magalhães, BA
Tels.: +55 (77) 3628-7300 / 3628-5200
WhatsApp: +55 (77) 99961-0066
reservas@hotelparanoa.com.br | gerencia@hotelparanoa.com.br

Barreiras, a capital do Oeste Baiano

Também conhecida como Capital da Soja e Cidade-Mãe, Barreiras – a pouco mais de 800km da capital baiana, Salvador – é banhada pelo Rio Grande, principal afluente da margem esquerda do Rio São Francisco, e considerada importante polo agropecuário. É o principal centro urbano, político, educacional, tecnológico, econômico, turístico e cultural da Região Oeste da Bahia, por isso mesmo a cidade é mais voltada ao turismo de negócios, apesar de hoje reservar boas surpresas também no turismo de lazer.

Juntamente com os municípios circunvizinhos, como Luís Eduardo Magalhães, compõe a maior região agrícola do Nordeste, além da agricultura irrigada familiar presente no município. Pode-se perceber, também, intensa atividade comercial que abastece toda região num raio de 300 km. Hoje, por força de seu grande desempenho nos setores do comércio e da prestação de serviços, Barreiras ocupa posição de destaque entre os maiores centros econômicos e populacionais do Estado e o principal da região nacionalmente conhecida pela força de seu agronegócio. Mais voltada ao turismo de negócios que ao de lazer, pois é o principal pólo político e econômico da região, a cidade reserva surpresas para quem quer encontrar paisagens inusitadas e experimentar novas aventuras.

Clima alegre e descontraído

O Turismo começa a despontar no cenário nacional como porta de entrada do mais novo polo de ecoturismo da Bahia, Caminhos do Oeste. Cantinho do Senhor dos Aflitos, no Vale do Rio Branco a 22 km da cidade, encontra-se o Povoado do Cantinho que ficou conhecido por manter viva uma tradição de fé e religiosidade através da devoção ao Senhor dos Aflitos.

No Centro Histórico estão concentradas as ruas e praças mais antigas da cidade e onde ainda podemos apreciar os casarios construídos no final do século XIX e no começo do século XX.

A cidade tem um clima alegre e acolhedor, e um povo hospitaleiro. Nos finais de semana, os barzinhos se espalham por toda parte. Mas embora tenha bons restaurantes, hotéis e pousadas, o parque hoteleiro ainda é insuficiente – destacamos o Hotel Morubixaba e a Pousada Rancho Verde, as melhores opções. Entre os restaurantes indicamos o Don Q’Chopp, Villa Chopp, Esquina do Espetito, Valdemir da Picanha, Espetinho do Léo, Oriental, China do Oeste e outros.

Cachoeiras do Redondo e do Acaba Vida

Um dos mais belos atrativos do Oeste Baiano, a deslumbrante Cachoeira do Acaba Vida. Saindo de Barreiras em direção a Luis Eduardo Magalhães pela BR-020 encontram-se as duas atrações turísticas mais relevantes dessa região. A cachoeira Acaba Vida com 36 metros de queda livre forma uma piscina natural cercada de mata preservada e. Cerca de 20 km a frente encontra-se a cachoeira do Redondo, que ganha esse nome por ser uma queda d’água que deságua em uma grande e arredondada piscina de águas transparentes.

Cachoeira do Acaba Vida

Arte e História

Nos arredores há sítios arqueológicos, montanhas boas para trekking, cachoeiras e paredões de pedra para rappel, corredeiras para rafting e cavernas. Seus rios aliviam o calor, e o Rio de Ondas é o lugar preferido para quem quer se refrescar em suas águas ou praticar esportes como canoagem e boia cross.

O Centro Histórico conserva construções típicas do final do século XIX, como o coreto da Praça Duque de Caxias, o edifício do Paço Municipal, a Casa da Sertaneja, o Mercado Municipal e as igrejas.

O Palácio das Artes, na Praça Castro Alves – ou Praça das Corujas, como é carinhosamente conhecida – é um espaço cultural com galeria de arte, salão de exposição e venda de artesanato, loja de produtos da culinária local e um posto de informações onde o turista poderá contratar guias locais para visitar a cidade.

Hotel Pousada Rancho Verde | Barreiras, BA

Charme e tranquilidade

A pousada já tem seu encanto no acolhimento e no calor humano com os quais você é recebido, mas a proprietária criou outros diferenciais para torná-la ainda mais aprazível, como os bem cuidados jardins que cercam as instalações, um restaurante com deliciosas opções à la carte, bar/lounge e business Center, para citar alguns. O café da manhã é farto e saboroso, e as acomodações, de decoração clean, são limpas e aconchegantes, com TV a cabo, ar condicionado silencioso e cofre, além de outros itens de conforto. Além disso os hóspedes contam com serviços de recepção, lavanderia e limpeza.

Localização privilegiada

A Rancho Verde foi pensada para ser uma pousada, no sentido pleno da palavra, ou seja, ambiente intimista, que lembra uma casa, poucos apartamentos, estrutura charmosa e clima aconchegante. Seja a negócios ou a passeio, a Rancho Verde é a melhor opção de hospedagem em Barreiras: perto da Rodoviária e Aeroporto, do Centro Histórico, de bons restaurantes e bares, e ao mesmo tempo, afastada do burburinho da cidade. A Pousada conta ainda com Estacionamento e Recepção 24h, além de Sauna e Academia.

HOTEL POUSADA RANCHO VERDE
Av. Ahylon Macedo, 1824 – Barreiras – BA
Tels.: +55 (77) 3611-4371
www.pousadaranchoverde.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *