Edição de Fevereiro

A MÍSTICA E BELA CHAPADA DOS VEADEIROS Patrimônio Mundial Natural

PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DOS VEADEIROS

Criado em 1961, o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros protegem uma área de 240.586,56 ha de cerrado de altitude, possui formações vegetais únicas, centenas de nascentes e cursos d’água, rochas com mais de um bilhão de anos, além de paisagens de rara beleza. O Parque também preserva áreas de antigos garimpos, como parte da história local, tendo sido declarado, em 2001, Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO.

Além da conservação, o Parque tem como objetivos a pesquisa científica, a educação ambiental e a visitação pública. A caminhada e os banhos de cachoeira são os principais atrativos no Parque, nas imensas paisagens da Chapada, numa viagem pelo Cerrado brasileiro nas antigas rotas usadas por garimpeiros, hoje utilizadas pelos visitantes.

Distante cerca de 230 km de Brasília e 400km de Goiância, a Chapada dos Veadeiros é um dos principais atrativos turísticos de Goiás, e abrange os municípios de Ato Paraíso, Cavalcante, São Jorge, distrito de Alto Paraíso (a 40km), além de Colinas do Sul, Engenho, São João da Aliança e Teresina de Goiás, sendo os três primeiros, os que oferecem uma infraestrutura um pouco melhor, principalmente Alto Paraíso e São Jorge – este último, além de porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, ainda abriga um dos melhores restaurantes da Chapada – o da Pousada Casa das Flores – gastronomia internacional, boa música, ambiente intimista e atendimento impecável. O comércio de pedras é forte, além de lojinhas de souvenir que vendem de duendes a luminárias e incensos.

Berço hidrográfico

A Chapada também é importante berço hidrográfico nacional e oferece belas paisagens naturais, como dezenas de cachoeiras e enormes paredões rochosos, principais características do local. O roteiro do que fazer inclui desde opções mais tranquilas, como observações de pássaros, massagens e meditações, até os mais radicais, entre eles rapel e tirolesa praticados próximos às quedas d’água. Nessa região, o clima é bem definido: tempo seco de maio a setembro e chuvas começando em outubro e se estendendo até abril.

Alto Paraíso: energia, magia e melhor infraestrutura

Não precisa ser místico para sentir a energia que emana de Alto Paraíso, onde cristais de rocha afloram do chão. Esta cidade goiana, de 7.000 habitantes, encanta pelo ar bucólico e singelo. Sua localização, no ponto mais alto do Planalto Central, é meio mágica — está sobre a maior rocha de cristal do planeta, o que, segundo os estudiosos de esoterismo, atrai energia cósmica. Além disso, Alto Paraíso foi erguida sobre o paralelo 14, na mesma linha da misteriosa Machu Pichu, no Peru. Tudo isso fez do local um verdadeiro polo de atração — 80% dos moradores da cidade são forasteiros, na maioria ex-hippies, místicos, estudiosos de ÓVNIS, que fundaram inúmeras seitas e entidades ligadas à filosofia da Nova Era..

Para todos os gostos e bolsos

Há várias opções de hospedagem e também de barzinhos e restaurantes para todos os gostos e bolsos. Quando a noite cai, as luzes se acendem e mesinhas à luz de vela tomam conta da rua principal, tornando o cenário mágico. A cidade abriga vários hotéis, como a Pousada Maya, pertencente à Associação Roteiro de Charme, o Chappada Hotel , mais moderno, a Pousada Camelot Inn, Pousada Fazenda São Bento, a 8km, na zona Rural e outros. Destacamos a Pousada Casa da Lua, pertencente ao Circuito Elegante, e o Tapindaré Hotel, no coração da cidade, excelente localização, na Avenida principal.

Espírito aventureiro

Conhecer a região da Chapada dos Veadeiros exige espírito aventureiro, além da ajuda de um guia, pois há trilhas de acesso que chegam a 5km de extensão com trechos íngremes e pedregosos, mas o resultado final vale qualquer sacrifício: quase todos os percursos terminam em poços de água cristalina seja na base das quedas d’água, seja no meio de formações rochosas. Muitos dos atrativos naturais ficam em propriedades particulares, espalhadas entre Alto Paraíso, Cavalcante e São Jorge.

Maitreya, Loquinhas, Almécegas…

Dentre eles, destacamos o Jardim de Maitreya, no caminho para São Jorge, Cachoeira das Loquinhas, Cachoeira Almécegas, Cachoeira dos Macaquinhos e o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. E quando também a fome estiver nas alturas, faça uma paradinha no Rancho do Waldomiro (estrada para São Jorge) e delicie-se com o mais famoso prato típico do Cerrado, a tradicional “Matula”, que recria a refeição dos tropeiros de antigamente, com feijão branco ou mulatinho, carne-de-sol, linguiça e açafrão-da-terra, servida com arroz, galinha caipira e mandioca. Destaque para os licores artesanais como o de pequi, buriti e açaí.

Vale da Lua

O Vale da Lua,também caminho para São Jorge, é uma das mais interessantes, as formações rochosas lembram as crateras lunares, e são intercaladas por piscinas naturais e grutas. Além de toda essa magia, Alto Paraíso oferece uma infinidade de belezas únicas. A Catarata dos Couros, a Cachoeira das Muralhas com 20 m e a Queda de Almécegas, de 50 m. Praticar boia cross no Vale Dourado, trekking no Sertão Zen ou nadar nas piscinas da Cachoeira dos Cristais com diversas quedas que variam de 4 a 10 metros, são apenas algumas das dezenas de possibilidades desse maravilhoso lugar.

…mais mistérios entre o céu e a terra…

O que não faltam são refúgios para serem desvendados, e o melhor é aventurar-se pelo desconhecido, explorar, sair se informando com os locais, enfim, descobrir. Existe uma infinidade de cantinhos, ruelas que levam a alguma parte, e essa descoberta pode ser surpreendente. O lugar é paradisíaco, envolto em uma aura que viaja entre o místico e o sobrenatural. Histórias de naves espacias e discos voadores permeiam o imaginário da população, e nove, entre dez pessoas já passou por alguma experiência ou tem um ‘causo’ para contar. A gente ouve, e não duvida, pois quem conhece a Chapada sabe que ali tem uma energia poderosa, que parece emanar dos céus e da natureza, nos fazendo crer que existe uma força superior que a todos rege, nesse universo impenetrável, onde há mais mistérios do que pode julgar a nossa cada vez mais vã, filosofia….

Vila São Jorge: entrada do Parque

Distante 12km de Alto Paraíso, por uma bem cuidada e sinalizada Estrada Parque, está a Vila São Jorge, esta, mais rústica, toda em terra batida e que também possui uma razoável infraestrutura de hospedagem, a exemplo da Baguá Pousada, Pousada Casa das Flores e Pousada Bambu Brasil, dentre outras. A vila possui uma atmosfera mítica, e por onde quer que a gente olhe, nos deparamos com simpáticos ETs, dando as boas vindas nas portas dos restaurantes. Aliás, o que não falta por ali são bares e restaurantes. A Risoteria Santo Cerrado vale uma visita…

Cavalcante tem festival de música

Cavalcante é a cidade mais longe, fica a quase 90km de Alto Paraíso e São Jorge, mas é onde está mais da metade da área do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros pertence à cidade, que abriga alguns hotéis, entre eles a Pousada Vale das Araras, Fazenda Veredas e Hotel Boutique Ecotents Ecos do Silêncio. O destaque fica por conta da Pousada Aldeia Cayana, banhada pelas águas cristalinas do Rio Bartolomeu. No final de agosto, Cavalcante sedia o Festival de Música Instrumental lota a Praça Diogo Teles, que ganha um palco no qual se apresentam grandes nomes da música instrumental do Brasil e do exterior.

EM ALTO PARAÍSO

Hotel Tapindaré

Boa comida e excelência no atendimento

centro da cidade, o Hotel Tapindaré é uma das melhores opções de hospedagem. Não bastasse a localização privilegiada, na avenida principal, próximo a lojas e restaurantes, o carinho e a gentileza do staff cativam o visitante, que antes mesmo de ir embora já está pensando em voltar. Aliás, o atendimento é um dos maiores diferenciais do Tapindaré, cujo nome significa ‘caboclo’, e homenageia os índios americanos, astecas, incas, maias e demais povos que habitaram a América do Sul. Tapindaré é um tributo aos grandes espíritos, àqueles que viveram com sabedoria, mas sem abrir mão da humildade. As acomodações são simples mas confortáveis, e o hotel ainda oferece um Spa, que inclui massagens relaxantes e terapêuticas para recuperar as energias na volta das cachoeiras.

O Restaurante Tapindaré privilegia receitas das mais variadas origens, de peixes a massas, passando por carnes e opções vegetarianas, com ingredientes do Cerrado e da Amazônia, trazendo sabores surpreendentes.

Sustentabilidade

O Tapindaré preocupa-se com o meio ambiente. Além da separação dos resíduos e lixo, transformando os orgânicos em composto para a fertilização natural dos alimentos que são servidos no hotel, também o óleo é reaproveitado na produção artesanal do sabão, que retorna para a lavagem das roupas do hotel e das louças do restaurante. E prepare-se para alimentar-se de forma saudável: as saladas e temperos são feitos com hortaliças orgânicas, sob os preceitos da Agroecologia, sem nenhum tipo de veneno agrícola.

HOTEL TAPINDARÉ
Av. Ary Valadão Filho, 610 – Centro, Alto Paraíso de Goiás
Tel.: +55 (62) 3446-1659

EM SÃO JORGE

A inspiradora Pousada Caminho das Cachoeiras

Por entre jardins bem cuidados e muita água, a Caminho das Cachoeiras lembra um cenário. Se for traduzir em algumas palavras, podemos dizer que a pousada é um refúgio idílico e ecológico de bom gosto. A impressão que se tem é a de que estamos hospedados entre várias cachoeiras. Para quem quer descansar, principalmente – mas sem abrir mão de visitar uma cachoeira – o legal é que nem precisa sair da pousada e encarar a trilha: as quedas d’água em seu interior, fazem as vezes, perfeitamente. As acomodações são simples mas confortáveis. O café da manhã tem, dentre outros, pães artesanais, omeletes e tapiocas feitas na hora, e a pousada está a 400m da entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

POUSADA CAMINHO DAS CACHOEIRAS
Rua 1, Quadra 16, Lote 1, S/n Vila São Jorge – Alto Paraíso de Goiás
Tel.: +55 (62) 3455-1045

Espaço Rio da Lua

Hospede-se com exclusividade em lindas casas

Se você está pensando em organizar um evento, ou mesmo a recepção de casamento, e ainda não sabe onde fazer, conheça o Espaço Rio da Lua, em São Jorge, e APAIXONE-SE!. De beleza ímpar, em meio a natureza, o Rio da Lua é perfeito para celebrações intimistas, que requerem um ambiente charmoso e único. Seja ao ar livre ou não, o lugar reúne tudo o que é necessário para tornar qualquer evento simplesmente inesquecível. Além dos amplos jardins, casa com cozinha equipada, palco e uma natureza absolutamente intocada, tem o mais importante: a simpatia e carisma sem igual da proprietária Denise, que ainda aluga casas lindas e de extremo bom gosto para temporadas, feriados e datas especiais. No Instagram [@riodalua], com mais de 20 mil seguidores, é possível conhecer as casas e o trabalho sensacional que a Denise realiza.

EM CAVALCANTE

Pousada Aldeia Cayana: simples e natural

Rodeada por uma vegetação nativa e num estilo naturalmente rústico, as acomodações possuem ventilador, paredes de adobe e piso frio, tudo muito modesto, mas nem por isso menos acolhedor. A cama é larga e confortável, a varandinha com rede é uma delícia para apreciar a noite, que parece mais estrelada longe das luzes da cidade, distante 2km da pousada, por uma estrada de terra bem conservada.

CLIMA RUPESTRE

A disposição dos chalés, construídos em círculo e num traçado côncavo, remete a uma aldeia indígena e proporciona aconchego. O clima é rupestre e o ambiente de muita paz e tranquilidade, uma experiência que se torna ainda mais agradável quando se tem à disposição o rio Bartolomeu, que passa bem nos fundos da pousada. Uma caminhada de alguns poucos metros e logo se chega a uma prainha particular deliciosa, formada por pedras e seixos branquinhos, que a natureza ali depositou através dos tempos. Você nem lembra de piscina, aliás, não faz a menor falta.

TAPIOCA NA HORA

O café da manhã também é simples, mas tem de tudo um pouco: pão de queijo quentinho, tapioca feita na hora com o recheio que você escolher e ovos também a gosto, além de frutas da estação e sucos naturais. Tudo preparado pelas mãos caprichosas da Thaís, que não sabe o que fazer para agradar o hóspede. A Aldeia Cayman é uma pousada onde você se sente acarinhado, e chega à conclusão de que não precisa de muita coisa para ser feliz.

Pousada Aldeia Cayana
Cavalcante – Goiás/ Chapada dos Veadeiros
Entrada para Colinas do Sul (cerca de 2km de terra).
Tels.: +55 (61) 3425-7735/ +55 (61) 9 9986-8806
Instagram Oficial: @pousada_aldeia_cayana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *